+

Folder
digital

Notícia

 

07/08/2019
Soja segue em alta no Brasil

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a terça-feira (06.08) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação oferecidos pelas Tradings no porto avançando em média 1,10%, para R$ 82,56. A alta foi até um pouco maior nos portos do Sul, levando os ganhos da exportação nos três primeiros dias úteis de agosto a atingirem 6,82%.

No mercado interno os preços médios oferecidos pelas indústrias esmagadoras também avançaram 0,74% para R$ 76,03/saca, elevando os ganhos do mês para 5,09%. “A queda de 0,03% no Dólar, que chegou a estar 0,45% de alta durante o dia, permitiu fechamentos mais altos. Chicago também fechou com queda de 0,35%, mesmo também chegando a estar com 0,40% de alta durante o pregão”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Pacheco.

“Alguns agricultores resolveram vender lotes no disponível. Não soubemos de outros estados, mas na Bahia foram cerca de 40.000 toneladas, depois de vários dias sem comercialização. Para a safra 2020, porém, não houve negócios, porque os preços oferecidos pelos compradores ainda não chegaram nos níveis desejados pelos vendedores”, explicou Pacheco.

A China fez mais dois movimentos: Primeiro confirmou a suspensão das compras de produtos agrícolas dos EUA, aumentando a demanda e os prêmios sobre os produtos da América do Sul. Segundo, fixou o valor do dólar a 6,9683 Yuans, acima do nível do dia anterior, o que ajudou a melhorar o humor do mercado internacional, segundo o analista da T&F.

Fonte: Agrolink

voltar