+

Folder
digital

Notícia

 

20/10/2020
Autoridades brasileiras acompanham navio avariado na costa venezuelana

O navio venezuelano FSO Nabarima está parado no litoral da Venezuela, no Golfo de Paria, com mais de um milhão de barris de petróleo. Avariado, a embarcação está inclinando e corre risco de afundar e derramar sua carga no oceano.

A Marinha do Brasil emitiu uma nota que está acompanhando tecnicamente a situação do navio cisterna. A entidade faz parte do Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), que conta também com Ibama e Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que está a frente da situação.

A situação pode ser vista como preocupante devido à crise ambiental enfrentada no Brasil no final de 2019 com o aparecimento de manchas de óleo no litoral brasileiro.

Segundo o GAA, a posição onde se encontra o FSO Nabarima fica a cerca de 1.300 km das Águas Jurisdicionais Brasileiras. Naquele local, as condições de correntes marítimas seguem em direção noroestes, ou seja, em sentido ao Mar do Caribe.

Ainda assim, as entidades continuarão avaliando o comportamento das correntes marítimas e condições meteorológicas da região, além dos fatores de segurança da navegação, de forma a antecipar qualquer ação necessária no âmbito brasileiro.

Fonte: O Otimista

voltar