+

Folder
digital

Notícia

 

16/10/2020
Cresce exportações de frutas no terceiro trimestre de 2020

Como previsto pela Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (ABRAFRUTAS) cresce o número de exportações de frutas no terceiro trimestre de 2020. O crescimento em volume foi de 6% comparado ao mesmo período de 2019. Em receita o valor permanece quase o mesmo que no ano anterior, cerca de US$ 512 milhões.

Dentre as principais frutas exportadoras, destaque para Abacaxi, 173%, Laranja, 148%, limão, 15%, Banana, 17%, maças, 12%, Uva, 6% e manga, 2%.

Em 2019, as exportações de laranja foram prejudicadas devido a problemas fitossanitários identificados nas frutas exportadas para União Europeia, porém este ano, as exportações voltaram ao normal.

No caso da Banana foram exportadas um pouco mais de 69 mil toneladas. Segundo o diretor executivo da Abrafrutas, Eduardo Brandão, houve aumento no volume exportado para os países do Mercosul, sobretudo Argentina. Ele conta que a banana produzida no Brasil exportada via terrestre, está chegando na Argentina mais barata do que outros produtores, como a Colômbia.

“A melhoria parcial das exportações via modal aéreo também teve influência no crescimento do volume exportado. Historicamente as exportações de frutas frescas do Brasil são maiores no último trimestre o que nos leva a crer que deveremos fechar o ano com um crescimento entre 5% e 8% em relação a 2019”, afirmou o diretor executivo da Abrafrutas.

Já o melão houve uma pequena queda, cerca de 2% em relação a 2019, isso ocorreu devido ao atraso nesta safra, porém Brandão explica que a produção está indo bem e com boa qualidade e os volumes devem aumentar muito nos próximos meses.

Vale lembrar que o Brasil já começou a exportar melão para a China e a estimativa é que as exportações dessa fruta dobrem.

Fonte: Notícias Agrícolas

voltar