+

Folder
digital

Notícia

 

09/10/2020
Codern anuncia chegada de escâner de contêineres ao Porto de Natal

Após nova apreensão de drogas no final de semana no Terminal Portuário de Natal, a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) comunicou, na manhã desta quinta-feira (8), ao recebimento do "escâner" de contêiners. O equipamento deve reforçar a segurança do Porto da capital potiguar, ponto que se mostra estratégico para a rota do tráfico de drogas internacional.

De acordo com a Companhia, os procedimentos de instalação foram iniciados, imediatamente, para a operação. Iniciada a operação do scanner, a Receita Federal também receberá as imagens geradas pelo equipamento. "Pode-se comprovar que foi dado mais um passo no sentido de transformar a operação e aumentar a credibilidade do Porto de Natal, qualificando-o como porta de entrada e saída do empresariado da região.", afirmou a Codern em comunicado enviado à imprensa por meio de sua assessoria.

replicas relojes

Ainda de acordo com o órgão, as conversações e negociações com órgãos como Polícia Federal, Receita Federal, Anvisa e Ministério da Agricultura); armadores (CMA CGM) e operadores portuários (Progeco) que operam no Porto estão em andamento desde 2019 no sentido de aumentar a segurança.

Histórico

No sábado (3), três pessoas foram presas no Porto de Natal com 238,9 quilos de cocaína. A mercadoria foi apreendida pela Polícia Federal e, com a apreensão, a quantidade da droga descoberta no terminal do RN chega a 5,5 toneladas, desde 2019. A ação aconteceu em conjunto com a Receita Federal. Em agosto deste ano a PF também apreendeu 704 quilos de cocaína no Porto.

Já nesta quarta (7), o Juiz Federal Walter Nunes da Silva Júnior, titular da 2ª Vara Federal, determinou a prisão preventiva dos suspeitos do crime: Emerson Rodes Marques, Marcos Cezar Alexandre Pires Júnior, Lucas Farias Alboitt e Roberto Correa Pinheiro.

Fonte: Tribuna do Norte

voltar