+

Folder
digital

Notícia

 

29/09/2020
Redução do calado leva a Maersk a instituir taxa temporária para o Porto de Manaus

A Maersk implantará, a partir de 6 de outubro, uma taxa temporária de R$ 800 por contêiner de 20 pés, em seu serviço de e para o Porto de Manaus. Segundo a companhia, a medida visa manter o equilíbrio econômico-financeiro pela perda de calado dos navios que transitam pelo Rio Amazonas.

Nos principais pontos de passagem para o porto manauara, há redução na profundidade do leito do rio, com implicação na diminuição da capacidade de embarque dos navios.

A informação tem por base os registros nas réguas da Agência Nacional de Águas (ANA).

A Maersk informa que busca soluções alternativas que permitam um aumento na capacidade de
transporte durante o período de seca na região.

Fonte: Portos e Navios

voltar