+

Folder
digital

Notícia

 

26/08/2020
Governo vai leiloar terminais de celulose em Santos na sexta-feira

O leilão das áreas STS 14 e STS 14A, do Porto de Santos, está agendado para essa sexta-feira (28), às 10 horas, na B3 (novo nome da Bolsa de Valores de São Paulo), na Capital. A sessão é promovida pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), que informou ontem que cada um dos lotes recebeu mais do que uma oferta. O arrendamento pode ser acompanhado pelo site de eventos da B3, o TVB3.

Os novos contratos de arrendamento para os dois terminais, voltados à movimentação e armazenagem de celulose, terão como critério de seleção os maiores valores de outorga apresentados no leilão. O prazo previsto para exploração das áreas, localizadas na região do Macuco, na margem direita do Porto de Santos, é de 25 anos.

Estão previstos investimentos de R$ 186,9 milhões para o terminal STS 14 e aproximadamente R$ 145,9 milhões no STS 14A, assim como a demolição das estruturas que atualmente ocupam a área, pavimentação rígida para tráfego pesado, instalação de ramais ferroviários e outras aquisições de equipamentos para as futuras atividades dos terminais.

Após a incrementação das estruturas necessárias, o STS 14 possuirá capacidade estática para o armazenamento de 97 mil toneladas de celulose e terá potencial para movimentar cerca de 2 milhões de toneladas por ano. Sua área tem 44.450 m² .
Já o STS 14A armazenará por volta de 125 mil toneladas e conseguirá movimentar até 2,6 milhões de toneladas pelo mesmo período. Quanto à área, STS 14A tem 34.975 m².


Segundo o Governo Federal, a implantação dos dois terminais vai gerar mais de 3 mil empregos, diretos ou indiretos, durante os 25 anos de validade dos contratos.
As estimativas estão disponíveis no portal do Programa de Parcerias de Investimentos, do Governo. Para mais informações sobre o processo, entrar em contato com ccs@antaq.gov.br

Fonte: A Tribuna

voltar