+

Folder
digital

Notícia

 

09/07/2020
Navio em quarentena após registrar casos de Covid-19 aguarda autorização para deixar o Porto de Santos

A tripulação do navio graneleiro MV Seajoy aguarda autorização para encerrar a quarentena e deixar o Porto de Santos, no litoral de São Paulo, onde a embarcação passou 14 dias atracada, após a confirmação de dois casos positivos do novo coronavírus entre tripulantes.

De acordo com informações obtidas pelo G1 nesta terça-feira (7), a embarcação atracou no cais santista e realizou o carregamento de 63.520 toneladas de soja entre os dias 19 e 21 de junho. Porém, após o diagnóstico positivo dos tripulantes, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a quarentena do navio.

Do atracadouro, localizado no Armazém 39 do porto, onde o carregamento da soja foi feito, o navio rumou em direção à Barra de Santos, no dia 23 de junho, onde permanece em quarentena até esta terça-feira. Segundo a Anvisa, uma nova vistoria para a detecção de possíveis focos de contaminação será realizada.

Caso a vistoria não aponte irregularidades ou novos casos de Covid-19, a embarcação terá autorização para operar ou deixar o Porto de Santos. Segundo a Santos Port Autorithy, autoridade portuária santista, o MV Seajoy é, atualmente, o único navio em quarentena na área de fundeio do complexo.

Fonte: G1

voltar