+

Folder
digital

Notícia

 

21/11/2019
Porto do Pecém atinge sua melhor marca em histórico de navios atracados

O terminal portuário localizado no litoral oeste do Ceará acaba de atingir mais uma importante marca. Em outubro desse ano, 65 navios atracaram nos berços do Porto do Pecém. Essa é a maior quantidade de embarcações cargueiras atracadas em um único mês, desde que o porto foi inaugurado em março de 2002 e apenas quatro navios atracaram no terminal portuário cearense.

A marca pode ser explicada pelo aumento de eficiência nas operações nos dois berços do píer 1, onde operam exclusivamente navios graneleiros. De acordo com o Diretor Executivo de Operações do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, Waldir Sampaio, as esteiras transportadoras contribuem para esse desempenho positivo.

“Com as esteiras de minério de ferro e carvão mineral funcionando em alto grau de eficiência nós conseguimos aumentar a produtividade desse píer, onde historicamente sempre atracaram os maiores navios que chegam ao Porto do Pecém. Com isso, passamos a ter uma maior disponibilidade de berços no TMUT, o nosso terminal de múltiplas utilidades. Ou seja, ganhamos mais espaço para a atracação de outros navios”, diz Waldir Sampaio.

E foi justamente no TMUT que atracaram, nesse ano, navios que ajudaram a elevar a movimentação de cargas no Porto do Pecém. Em setembro foi iniciada, pela MSC – Mediterranean Shipping Company, uma nova linha para escoar a safra de frutas 2019/2020 com destino a portos da Espanha e Itália. O novo serviço impulsionou a quantidade de contêineres movimentados entre janeiro e outubro desse ano, registrando um aumento de 49% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em outubro teve início o embarque de manganês no Porto do Pecém. 55 mil toneladas do minério, extraído do município cearense de Pentecoste, foram embarcados em direção a portos na Indonésia e China. Janeiro de 2019 havia sido, até então, o mês com maior número de navios atracados em um único mês, quando foram atracados 63 navios.

“Pode até parecer pouca essa diferença, mas cada navio que atraca num dos berços do porto representa muito para cada um dos profissionais que trabalha para o desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. São cargas que desembarcam, embarcam e assim movimentam a economia do Ceará”, diz Raul Viana – Gerente de Negócios Portuários do Porto do Pecém.

Histórico de atracações de navios do Terminal Portuário do Pecém

2015 – 396 navios

2016 – 482 navios

2017 – 567 navios

2018 – 620 navios

Hoje o Porto do Pecém tem capacidade para receber até nove navios simultaneamente. Mas até o fim desse ano deve ser inaugurado, pelo Governador Camilo Santana, o berço 10 localizado no Terminal de Múltiplas Utilidades. O porto cearense faz parte do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Fonte: Complexo Industrial e Portuário do Pecém

voltar